• Jun
    09
    20h
  • Jun
    11
    20h
  • Jun
    14
    20h
  • Jun
    16
    16h
  • Jun
    18
    20h

La traviata

Teatro Nacional de São Carlos (Sala Principal), Lisboa

La traviata, Giuseppe Verdi {1813-1901}. Ópera em três atos, com libreto de Francesco Maria Piave {1810-1876}.

bilhetes

Sinopse

Alexandre Dumas fils, inspirado num curto episódio autobiográfico, publica em 1848 a novela “La Dame aux camélies” que posteriormente adapta para o palco. Em 1852, Verdi assiste emocionado em Paris à peça e, de imediato, pede ao editor Escudier que lhe envie um exemplar que Francesco Maria Piave, libretista habitual de Verdi, adapta depois para a ópera. Depois de Rigoletto (1851) e Il trovatore (1853), La traviata (1852) fecha a dita “trilogia popular” de Verdi. Ao contrário das duas óperas anteriores, eis agora uma trama sem herói ou vilão, onde a protagonista central, desafiando as convenções sociais do seu tempo, se distingue por uma nova forma de heroísmo, um heroísmo privado, cuja resignação e morte é o preço a pagar para salvar a honra de uma família respeitável que a exclui e obriga a afastar-se. No dia a seguir à estreia, Verdi escreveu ao seu editor La traviata, ontem à noite. Fiasco. Culpa minha ou dos cantores? O tempo julgará. E foi esse mesmo tempo que quis afinal que a tragédia da jovem e frágil cortesã, Alphonsine Duplessis na vida real, Marguerite Gautier no teatro, Violetta Valéry na ópera, e Camille no cinema, só encontrasse a imortalidade na música e no canto de Verdi.

Ficha Técnica

Direção Musical | Michele Gamba
Encenação | Pedro Ribeiro
Cenografia e Figurinos | António Lagarto

Violetta Valéry | Ekaterina Bakanova
Alfredo Germont | Ivan Magrì
Giorgio Germont | Alan Opie

Coro Teatro Nacional de São Carlos
Maestro Titular | Giovanni Andreoli

Orquestra Sinfónica Portuguesa
Maestrina Titular | Joana Carneiro

NOVA PRODUÇÃO TNSC

Adquira o seu bilhete aqui:

bilhetes